Turismo de cruzeiros

0

Só ontem entraram seis navios de cruzeiro no Tejo. Milhares de pessoas pagaram “portagem” e gastaram dinheiro num perímetro que, passando pela capital, pode ir a Cascais, Fátima, etc. Há quem não goste de ver turistas na cidade. Paciência. Como não temos empresários, não podemos ser todos funcionários públicos e aposentados, uma dor de cabeça do lado da despesa. Há que encontrar outras soluções. O turismo de cruzeiros é uma delas. E parece que está a dar resultado.

Anúncios