Esqueletos medievais de vítimas de punição violenta

image.aspx

Ossadas, de jovens com idades entre os 18 e os 35 anos, mostram que os homens foram vítimas de amputações de pés e mãos

Antropólogas das universidades de Coimbra (UC) e de Évora descobriram, em Estremoz, três esqueletos do período medieval que indicam a existência de “punição judicial através da amputação das mãos e dos pés, perto da morte (perimortem)”, foi hoje anunciado.

Fonte: Estremoz – Descobertos esqueletos medievais vítimas de punição violenta

Anúncios